Como Água Limpa em Vaso com Água Suja



'Illusions of Existence' - Liquid Drum and Bass Mix

Pós feriado. Aquela sensação de ressaca, por ter passado três dias fora do ar, em contato simplesmente com as coisas que gosto, como videos, música, livros, e a companhia do ser amado. Mas a vida não é só isso, e nós somos naturalmente preguiçosos, cedendo às ilusões da existência muito facilmente.
Ontem, foi dia de Nossa Senhora Aparecida. Assistimos a missa ao vivo, pela rede Aparecida. Apesar de não ser católica, passei a ver essa religião diferente, desde que o Papa Francisco veio ao Brasil, há dois anos atrás. E creio que as palestras do padre Fábio de Melo também tenham o seu quinhão de acréscimo ao meu aprendizado humano e espiritual. Aprendizado lento, difícil, que muitas vezes esbarra na minha má vontade, minha preguiça mental, meu mau humor repentino.

Acho que estou cansada das mesmas coisas, das mesmas reações, mesmos pensamentos, mesmas mesmices, das maledicências, das irritações, reclamações, mesmos comentários e julgamentos, raivas, as mesmas imundícies que tentam nos impor todos os dias. Sim, estou cansada. São as mesmas energias deletérias, os mesmos pensamentos mesquinhos que nos mantém no fundo do poço, num sonambulismo consciencial vida após vida. Então, há um momento em que você começa a questionar tudo e todos, e à você mesmo.

Eu fazia uma analogia, dias atrás, de nossa consciência como um copo cheio de água suja e já cheia de lodo. Água parada e pútrida, mas até que decidimos, conscientemente, a colocar água limpa dentro deste mesmo vaso de água imunda... e assim segue, muitas e muitas vezes o mesmo gesto, até que, aos poucos, a água limpa começa a se misturar com a água suja, mas aí continuamos, num processo interminável, e a água limpa vai tomando conta do vaso... o lodo é o mais difícil de limpar, mas ainda assim, nós insistimos... e perseveramos até que a água limpa começa a tomar conta da água suja, que vai sendo expulsa pelo novo fluído. Não sei quanto tempo leva isso, mas o movimento tem que ser contínuo, a água não pode ficar parada, sem fluir, senão apodrece de novo. Assim é a nossa consciência.

Postagens mais visitadas